Conto: mergulhando nos pensamentos

Olá, pessoal! Que a Luz ilumine nossa jornada.

Aqui está mais outro conto. Assim como o que eu postei ontem, esse aqui na verdade é apenas um trecho do meu outro livro, “Um conto de duas mentes”. É uma ficção científica com toques de surrealismo e drama. Eu tenho apenas um rascunho de metade da história. Confesso que escrever escrever esse livro foi difícil, especialmente porque resolvi me desafiar escrevendo em primeira pessoa sob o ponto de vista de uma personagem feminina. Mas como eu disse, o foco principal são as Crônicas de Erys.

Enfim, espero que gostem.


Mergulhando nos pensamentos

Uma das vantagens de se andar de ônibus é que você pode passar a viagem todo absorta em seus próprios pensamentos.

Pode-se passar a viajem toda olhando pela janela, mas não olhando para nada em específico, apenas olhando para o mundo. Mas não o mundo físico, o mundo fora da janela. Embora eu pareça estar olhando para fora, o que eu vejo não é o mundo exterior, mas meu mundo interior. É assim que é a coisa. Sou do tipo introspectiva, mas no fundo tudo mundo é, em maior ou menor grau. Sentar ao lado da janela do ônibus, vento no rosto, fones nos ouvidos escutando sua música favorita: esse é o melhor cenário para se refletir sobre a vida.

E naquele momento eu estava precisando refletir sobre a vida. Na verdade, eu precisava refletir, pensar, raciocinar, tentar encontrar uma razão, uma explicação, tomar uma decisão. Mas não queria fazer isso. Existe essa diferença nítida entre precisar fazer algo e querer fazê-lo. Quando essas duas coisas não corroboram, as pessoas tendem a escolher pelo lado emocional, não pelo racional. E é aí que está o erro. O meu caso era pior ainda, por que meu lado emocional estava perturbado, e a única explicação racional que eu encontrava era que eu estava ficando louca ou esquizofrênica. A vontade que eu tinha era pegar tudo isso e jogar pela janela. Ignorar tudo isso. Seria muito fácil se pudéssemos resolver nossos problemas simplesmente ignorando-os ou jogando-os pela janela. Mas não é assim que funciona. A vida é mais complexa que isso.

por Renan Santos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s