Quem interpretaria os personagens do meu livro no cinema?

ponto de acumulação

Para quem não sabe, estou participando do NaNoWriMo este ano. A escrita anda num ritmo meio lento, e acho que não vou atingir a meta a tempo, mas sem problemas. Pois bem, mas está rolando um desafio diário. A princípio o desafio consiste em postar fotos no Instagram referentes ao tema proposto no dia, mas eu estou postando no meu Facebook mesmo. O desafio do dia de hoje, porém, merece uma postagem no blog.

Desafio do dia 22: quem interpretaria seu protagonista em um filme?

Meu livro tem vários protagonistas. Mesmo se eu escolhesse um, não ia ficar legal, pois todos são relevantes. Então resolvi apelar e fazer logo o cast completo de uma possível adaptação do meu livro para o cinema (se bem que uma série com uns 10 episódios é mais apropriado, dado o tamanho da história). Não foi fácil escolher, pois queria atores os mais próximos possíveis…

Ver o post original 2.973 mais palavras

Anúncios

Mito de criação de Erys

Olha só, pessoal, que tal conhecer um pouco mais da mitologia de Erys? Leia o mito de criação do mundo segundo a concepção lysiniana 😀

ponto de acumulação

Olá, pessoal! Hoje estou aqui para falar um pouco mais do meu livro. Mais precisamente, do mito de criação de Erys. Há vários mitos que contam como surgiu o mundo no qual se passa a história, cada povo ou cultura tem a sua. Essa é apenas uma das versões, a versão da religião lysiniana, a maior religião politeísta de Erys. Ela é fortemente baseada na ideia de ordem e caos e equilíbrio do universo. Espero que gostem!

Ver o post original 800 mais palavras

A Feira de Jyrió

Olha só, pessoal, escrevi um poema\canção tradicional de Erys. Chama-se “A Feira de Jyrió” e tem várias referências à cultura do clã da Lua. Espero que gostem 😀

ponto de acumulação

Olá, pessoal! Faz algum tempo que não posto nada no blog. Para mantê-lo ativo, resolvi postar algumas coisas do livro que estou escrevendo. Sim, para quem não sabe, estou escrevendo um livro, e se tudo der certo pretendo publicá-lo ano que vem. Chama-se “As Crônicas de Erys”.  Eu disponibilizo alguns capítulos para degustação no Wattpad.

O poema abaixo é uma antiga canção na mitologia do clã da Lua, um dos treze clãs humanos que habitam Erys. Chama-se a “A Feira de Jyrió” e conta a história de um jovem cavaleiro que se apaixonou por uma violinista que conheceu na famosa Feira de  Jyrió, o maior mercado à céu aberto do continente Niith. Espero que gostem.

Ver o post original 888 mais palavras

Conheça o Clube de Autores de Fantasia

ponto de acumulação

A cena é a seguinte: estávamos eu, Jana, Ariel (vulgo Sereio) e Nicholas em um táxi, molhados e famintos, em um drive-thur do McDonalds. Quase meia-noite. Com as mochilas carregadas de livros. O céu carioca se derramava em chuva torrencial. O táxi ameaçava estancar a todo momento, podendo nos deixar na mão e na lama. Não era a situação mais confortável do mundo, mas aquele dia foi zica. Foi o dia em que o CAF finalmente se encontrou.

O Clube de Autores de Fantasia surgiu em 2014 como um grupo no Facebook, criado por L.A. Nuñes, também conhecido como ‘Boss’. O objetivo era ser um grupo de discussão, onde expomos ideias, discutimos projetos e trocamos experiência e dúvidas com relação à escrita. E de fato, é exatamente isso que era o grupo. No começo começou com algo bem tímido, incipiente. Mas após algumas postagens visionárias de alguns membros (especialmente…

Ver o post original 401 mais palavras

Resenha: Habitantes do Cosmos: Artemísia

Livros com Pipoca

Olá Galera do Livros com Pipoca!!!!

Hoje tem resenha!!! E será sobre o livro “Habitantes do Cosmos: Artemísia” da autora Francélia Pereira que foi publicado esse ano pela Editora Buriti.

HABITANTES DO COSMOS ARTEMISIA

Sinopse: “Habitantes do Cosmos: Artemísia” é o segundo volume da série escrita por Francélia Pereira. Nele, são inseridas importantes discussões sobre ecologia, cultura ancestral, gênero, sexualidade e diversidade, envoltos em mitos da cultura ancestral brasileira. Englobando desde o passado remoto até o futuro distante, como em “Artemísia”, Habitantes do Cosmos é cercado de incertezas e tramas dignas de uma grande e arrebatadora história”
Resenha: O livro conta a história de um futuro distante mas não definido onde, devido a catástrofes e destruições, a humanidade acabou tendo que procurar refúgio em outros planetas, acabando assim se espalhando por todo o Sistema Apolo. Essa nova sociedade, mais evoluída socialmente, moralmente e cientificamente já superou, em teoria, questões ultrapassadas como discriminação por raça…

Ver o post original 600 mais palavras

Lembre a Poesia

Por que ontem foi o Dia Mundial da Poesia

As Crônicas de Erys

Para quem não sabe, este autor que hora vos fala também já se aventurou pelo perigoso mundo da poesia. Sei que não seu muito bom poeta (nem sei se sou bom escritor de prosa rsrs), mas alguns resultados não ficaram tão ruins assim. Esse é um dos meus favoritos. Espero que gostem. Ou ignorem isso.


Lembre a Poesia

Esqueça a métrica

Esqueça a rima

Esqueça os decassílabos

Esqueça a forma

Esqueça Camões

Esqueça a pedra

Esqueça o caminho, inclusive

Esqueça a metalinguagem

Esqueça os sapos

Esqueça Minas

Que já não há mais

Esqueça cada uma

De suas sete (ou mais?) faces

Esqueça os sonetos

E a sua fidelidade

Esqueça a dúvida

Essa dúvida que corrói a alma

E corrompe os corações

Esqueça o bonde

Mas não perca a esperança

Essa esperança acalentadora

Em um mundo mais digno

De uma boa poesia

Esqueça a Nação

Não existe Nação!

Somos um só

Ver o post original 124 mais palavras

Lianny, a caçadora de relíquias

Olá, pessoal! Que a Luz esteja convosco.

O próximo capítulo sai amanhã, e vou logo avisando que está eletrizante. Não percam.

Bem, mas se você leu o capítulo anterior, deve ter ficado um pouco mais curioso sobre o passado e as motivações de Lianny. Como isso é algo importante para a história – na verdade, é o elemento central de todo o enredo que serve de pano de fundo – eu resolvi contar um pouco mais sobre isso. Que comecem as teorias! rsrs

Bem, Lianny é do clã do Anjo, mas ela não nasceu nas terras deste clã. Ela veio do reino de Yryn, mais conhecido como as Terras Além do Crepúsculo ou, às vezes, Terras da Aurora, devido à ocorrência frequente deste fenômeno por lá. Ela passou a maior parte de sua infância vivendo como uma órfã mendiga. Conseguiu viver nas ruas com seu companheiro inseparável, o cachorro Lune, por anos. Mas a vida não era simples. Ela chegou a passar fome e frio. E várias vezes ela foi abusada. Isso explica em parte sua personalidade fria e distante. Como consequência de um desses estupros, ela engravidou, com apenas 12 anos. Foi durante esse período que ela conheceu aquele que mudaria sua vida para sempre: Jorhen Lentt, seu mestre.
Jorhen estava em uma missão nas Terras Além do Crepúsculo quando conheceu Lianny por acaso. Ele rapidamente reconheceu seu grande potencial ny e decidiu tomá-la como discípula. Mas antes, eles esperaram sua filha Seiryn nascer. Deixaram-na aos cuidados uma família de confiança. E partiram para Nissar, onde fica a sede da Irmandade da Luz.
Jorhen acreditava que o mundo estava prestes a viver uma grande calamidade. Ele era um caçador de relíquias, uma espécie de arqueólogo do universo de Erys. Seus estudos levaram a concluir que a Roda do Tempo estava para completar mais uma volta, o que significa que um grande evento global estava na iminência de acontecer. Segundo ele, na última vez que isso aconteceu, a Expurgação recaiu sobre Erys, eliminando a civilização Ysdin da existência. Era então preciso reunir guerreiros poderosos para combater o que quer que esteja para acontecer. E Lianny seria um desses guerreiros. E foi isso que ele lhe ensinou.
Mas para que se tornasse uma guerreira completa, Lianny precisava encontrar as Relíquias Milenares, artefatos mágicos ancestrais de grande poder. A história começa quando Lianny descobre uma pista de onde estaria uma dessas relíquias: em Vyzar, a cidade da Deus Caçadora. Ela então parte em uma missão com seu discípulo Edrik para tentar localizar e recuperar tal relíquia. E então sua história encontra a história de Rythila no Grande Festival da Colheita. O resto, bem… O resto vocês já sabem. Ou pelo menos parte dele. Não deixem de acompanhar a história no blog ou no Wattpad.

Faint_by_gothic_icecream

Lianny, a caçadora de relíquias. | Crédito da imagem: Faint_by_gothic_icecream

É isso aí. E não percam amanhã o próximo capítulo, A Batalha (parte 1).

Pequena homenagem às mulheres

Olá, pessoal! Que a Luz ilumine nossa jornada. Especialmente as mulheres.

Hoje é um dia especial, então merece uma postagem especial. Mas estou sem inspiração. Então vou postar aqui a mesma coisa que postei na page do Facebook hoje cedo. Não importa se você é amiga e corajosa como a Rythila, determinada e distante como a Lianny, companheira e sonhadora com a Ayjin, justiceira e sagaz como a Meiryn, guerreira e convicta como a Arisha ou uma mãe protetora e amorosa como Lysa teria sido, você mulher merece tudo de bom hoje e todos os dias. Você merece ser amada.

Parabéns pelo seu dia!

10835056_730525510395511_880389624755848240_o